Um deslize e uma quase tragédia

Ao contrário da maioria das semanas, não estou cobrindo a Indy. Mas tento acompanhar as coisas na medida do possível. Durante o treino livre deste sábado (23), houve um forte acidente entre Will Power, da Penske, e o reestreante Nelson Philippe, da Conquest. O francês rodou e parou com o carro atravessado entre areia e pista. Ernesto Viso conseguiu escapar, mas Power atingiu em cheio o carro de Philippe. O australiano sentiu dores nas costas e foi levado de helicóptero a um hospital. Com uma lesão no pé, Nelson foi de ambulância. Ambos sofreram concussões. Na minha opinião, por alguns centímetros não houve uma tragédia, e, assim como aconteceu com Zanardi. Veja:

O Rodrigo Mattar, editor dos programas Grid Motor e Linha de Chegada do SporTV — e comentarista do canal —, acha que esta é a prova de que tem muito piloto ruim na IRL. E tem, mesmo. O grande problema do acidente, entretanto, me parece ser aquele terreno (areia?) ao lado da pista, que prendeu o carro do Philippe. Por outro lado, tenho minhas dúvidas se ele não poderia escorregar para fora de maneira mais limpa, o que evitaria a atolada.

Anúncios

Uma resposta to “Um deslize e uma quase tragédia”

  1. piloto ruim tem em todo lugar, até na Ferrari…

    Resposta do Felipe Paranhos

    E se acostume! Pelo menos até a semana que vem… hahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: